Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

segunda-feira, 16 de maio de 2016

37º Congresso da SOCESP terá mesa-redonda sobre arritmias cardíacas em motoristas privados e profissionais

37º Congresso da SOCESP terá mesa-redonda sobre arritmias cardíacas em motoristas privados e profissionais 

Evento ocorre na sexta-feira, 27 de maio, no auditório 2 do Transamerica Expo Center, entre 11h e 12h30, no Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP)

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1,25 milhão de pessoas morrem todos os anos no mundo em decorrência de acidentes de trânsito. É comum profissionais de saúde se depararem com a difícil tarefa de terem de decidir se pacientes que dirigem podem ou não voltar ao volante depois de algum tipo de arritmia ou outra doença cardíaca.
“A grande preocupação com a saúde dos motoristas está relacionada não somente com a vida deles, mas também com a das outras pessoas que poderão ser vítimas de um acidente provocado por eles”, explica o Dr. Enrique Pachón, médico especialista em arritmias e um dos participantes da mesa do Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP).
Segundo a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), aproximadamente 4% dos acidentes com mortes são causados por doenças do motorista e problemas cardiológicos são considerados um dos principais motivos de mal súbito. Por isso, discutir como agir em casos de síncope, arritmias ventriculares, taquicardias supraventriculares e com portadores de marcapasso e CDI se torna uma discussão muito relevante.
Em 2009, o Departamento de Polícia Rodoviária Federal avaliou 8.200 motoristas profissionais (caminhões e ônibus) e concluiu que 44% estavam dirigindo em más condições de saúde, apresentando quadros de hipertensão, alterações da glicose, sonolência (carga horária excessiva) e uso de medicamentos impróprios. Conforme relata o especialista, esses medicamentos, geralmente estimulantes causam uma sobrecarga ao coração e aumento da pressão arterial, culminando com um infarto ou arritmia fatal.
Ele ainda ressalta que a maioria dos acidentes automobilísticos têm relação com problemas de saúde, agravando ainda mais o quadro e a necessidade da prevenção. "Estudo realizado no Brasil pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), chegou à conclusão que 23% dos acidentes automobilísticos têm relação com problemas de saúde, superando o número de mortes por tumores e por causas externas, por exemplo”. Daí a necessidade de ampliar a troca de experiências sobre como tratar quem teve intercorrências no coração, mas não deseja abandonar a direção.

Mesa-redonda: Arritmias cardíacas no motorista privado e profissional: quando é seguro liberar para dirigir?

Sexta-feira, 27 de maio, das 11h às 12h30
Auditório 2 do Transamerica Expo Center
Programação
11:00 – 11:15 Após episódio de Síncope
11:15 – 11:30 Em pacientes com arritmias ventriculares (TV, canalopatias)
11:30 – 11:45 Em pacientes com taquicardias supraventriculares (TPSV, FA)
11:45 – 12:00 No portador de marcapasso e CDI
12:00 – 12:15 Discussão
Programação 
http://www.socesp2016.com.br/arquivos/programa-preliminar-socesp-2016-1.0.pdf

Serviço:
XXXVII Congresso da SOCESP (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) 
Data: 26 a 28 de maio
Local: Transamerica Expo Center
Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 - Santo Amaro - CEP 04757-020
Acesso pela Av. das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), Ponte Transamérica
Informaçõeshttp://www.socesp2016.com.br/
Credenciamento Imprensa: (11) 3675-5444 (Rodrigo Freitas/ Geraldo Campos)

Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa