Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

sábado, 22 de julho de 2017

Menos 1 kg de carne na mesa do assalariado com o aumento de imposto no combustível



ARTIGO

O aumento do combustível anunciado pelo Ministro da Economia, Meirelles é inconstitucional em muitos países e nas democracias modernas. Nenhuma Constituição pode admitir que governos iniciem batalhas entre administrações e destrua o que outro tenha feito. Grande exemplo recente é o sobre o ObamaCare que Donald Trump quer derrubar e já derrotado duas vezes, inclusive com quatro votos de Republicanos, que é seu partido e que o elegeu a presidência e com maioria na Câmara.
Resultado de imagem para foto de meirelles com michel temer
Positivo: Michel Temer e Meirelles comemoram menos 1 kg de
carne de segunda na mesa do trabalhador com aumento de impostos

Isso além de respeito tem outro nome, coerência. Não pode o presidente e seus ministros fazerem o que eles querem e quando querem, simplesmente. O Brexit na Europa é outro grande exemplo. Como o Banco Central norte-americano que independente da política, controla os juros e não aumenta, mesmo quando inflação, deflação ou seja, crises ocorrem. Ou seja, o capitalismo torna-se responsável e consciente de seus benefícios e malefícios. Isso chama-se administração pública em prol de todos e não apenas para favorecer capitalistas que vão ganhar rios de dinheiros com a especulação e aumentos de preços abusivos até serem controlados pelo mercado, pela sociedade e até pelas Câmaras de Comércio.

O aumento de preços não precisa ser discutido, as Câmaras e o comércio, a Oferta e Procura, como as leis econômicas de mercado, se incumbem de ditar a alta e baixa. Já o aumento de impostos que diz respeito a toda a sociedade, tanto a política ou a administração, quanto a economia. Isso sim precisaria ter na Constituição que deveria ser discutido na Câmara, no Senado e com toda a sociedade para que depois fosse implementado. 

Acredita-se que isso seja o exercício pleno da democracia. Mas, estamos falando de país da América Latina, estes países satelizados pelas grandes economias que exploraram e exploram a mão de obra e fazem de seus líderes títeres, marionetes do poder e da ganância é totalmente o inverso.

O Congresso Nacional é mais um balcão de negócios particulares, de fortunas dentro e fora do país, do que uma câmara reguladora da sociedade e de suas instituições. O nosso congressinho e senadinho, são tão pequenos e amesquinhados que permitem no país que se faça o mal feito para depois autoridades nacional e internacional vir discutir que deveria ser assim e que poderia ser assado e não crú como foi o aumento do imposto no combustível.

Os gênios capitalistas em Minas Gerais, Ah! Minas Gerais, que estado lastimável, já aumentaram até R$ 0,40 e o dono de veículo vai gastar R$ 18,00 a mais para encher o tanque. Mas, o governo, o sr. Meireles não ficou satisfeito e aumentou o diesel também. Consequentemente os preços de hortifrutigranjeiros e todas as mercadorias vão subir de preço e a especulação de preços será maior possível. O capitalista selvagem julga e sua conta no banco fala, primariamente, que sim, que é vantajoso aumentar a mais, ganhar dinheiro, muito e depois, pagar impostos, processos e até quebrar devido o descontrole do mercado e da economia especulativa, a mais praticada pelo Governo e pelos empresários brasileiros.

Quem acredita que a Fiesp em São Paulo é sincera em combater a alta de impostos está tão enganado que lança-se o desafio de rápida e breve pesquisa de quantos bilhões a indústria paulista, apenas, lucrou com a alta do imposto no combustível, Mas, combina com o governo, Michel Temer, viajou mais de 20 vezes para São Paulo, isso mesmo, combina com o governo a manifestação contra e lá na frente vai exigir isenção de impostos em alguns produtos. Assim ganham na especulação e economizam na isenção. E, ainda tem mais, ganham na sonegação "legalizada" pelos deputados federais que legislelam a favor de empresas e empresários bilionários. Assim eles podem pagar de um R$ 1 bilhão devidos de impostos apenas R$ 200 milhões ou menos.

As democracias tupiniquins precisam ser melhor pensadas e serem menos afetas a ditaduras civis onde grupelhos de espertalhões como os que estão no poder liderado por Michel Temer e empresários paulistas e de outros estados e internacionais para explorar o povo brasileiro que é mantido na escravidão salarial, de um dos menores salários mínimos do planeta, se comparar com a inflação, alta de preços, oportunidades de estudo e de emprego, com o brinde governamental de 14 milhões de desempregados que nunca diminui enquanto que os impostos abusivos aumentam.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP


Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Com a queda das temperaturas doenças cardiovasculares são mais frequentes


Doenças
Atualização diária  21 de julho de 2017
NOTÍCIAS
Com a queda das temperaturas doenças cardiovasculares são mais frequentes
A Secretaria de Estado da Saúde alerta a população para que redobre os cuidados no inverno com as doenças cardiovasculares – aquelas que ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Edward Phillips, professor de Medicina de Harvard: "Doenças são o resultado de escolhas que ...
Mais de dois terços de todas as doenças do mundo são resultado de escolhas básicas de saúde que cada um de nós faz todos os dias. Isso é reflexo ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Paciente com hepatite C têm 4 vezes mais risco de desenvolver diabetes. Entenda as doenças e ...
Apesar da Hepatite C ser uma doença comum, muitos brasileiros não sabem que têm a doença. Só no Brasil cerca de dois milhões de pessoas são ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Metade dos adultos com ansiedade ou depressão em São Paulo apresenta dor crônica
Há uma forte relação bidirecional entre ansiedade ou depressão e algumas doenças físicas crônicas. Pesquisadores do IPq (Instituto de Psiquiatria) ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Profissionais são orientados a incentivar homens na busca por atendimentos nas UBSs de Macapá
O objetivo da capacitação é diminuir o índice de pessoas do sexo masculino com doenças por falta de prevenção. Além incentivar o parceiro a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Engordar 5 quilos aumenta risco de várias doenças
De acordo com uma nova pesquisa, publicada no periódico científico Journal of the American Medical Association (JAMA), mesmo de forma gradual ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Campanha convoca população a fazer exames anti-hepatite C e diabetes
Cerca de 90% das pessoas que adquirem o vírus não desenvolvem a doença. Aqueles que a desenvolvem, muitas vezes descobrem tarde demais, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Obesidade atinge níveis alarmantes em Canoas
“Reduzindo de 5 a 10% o peso, já melhoram os níveis de glicose, lipídios e o risco de doenças cardiovasculares”, resume e destaca a relação com ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Dia do Amigo: galo Alfredo é xodó de professora há 5 anos
"As mais importantes são: salmonella, micoplasma, doenças transmitidas por bactérias como estafilococos e infecções virais, sendo a gripe aviária a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Dias de frio e queda da umidade do ar já refletem em postos de saúde
De acordo com Yama Higa, o coordenador de Urgência da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Públicas), a demanda de paciente com doenças ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
WEB
'A Falar é que a Gente se Entende' - As Doenças de Verão
Sabia que há doenças que são mais comuns no Verão?Em tempo de férias, o que devemos fazer para prevenir?Tome nota das dicas e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
CONTI outra - » Como a indústria farmacêutica cria doenças...
Como a indústria farmacêutica cria doenças para vender mais medicamentos. As doenças inventadas para vender mais medicamentos. Como a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Doenças de inverno e quando procurar um Pronto Atendimento
A coordenadora da emergência SUS do Hospital Pequeno Príncipe, Maria Cristina da Silveira, fala sobre doenças de inverno. Sazonais, elas podem ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Uma história brasileira das doenças
Uma história brasileira das doenças. Responsibility: Dilene Raimundo do Nascimento & Diana Maul de Carvalho, orgs. Language: Portuguese ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa