Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Tratamento estético da face tem ótimos resultados com exercícios defono



A fonoaudiologia, que até há algumas décadas era mais conhecida por tratar problemas ligados à audição e fala, ganhou contornos mais amplos e hoje, entre outras características, tem sua atuação bem diversificada. O ronco, apneia do sono e a paralisia facial são alguns exemplos de como a fonoaudióloga pode exercer sua profissão e contribuir para a saúde das pessoas. Mas o que pouca gente imagina é que este profissional também pode atuar de forma eficiente na estética, um tratamento que a cada dia está sendo mais procurado por pessoas que querem melhorar a aparência do rosto sem recorrer a cirurgias, uso de aparelhos ou aplicações de substâncias injetáveis.

“A fonoaudiologia estética da face ocorre por meio de exercícios de fortalecimento, alongamento e relaxamento muscular e uso de técnicas de massagem, estimulação térmica e exercícios funcionais aplicados na musculatura do rosto, alcançando resultados que podem fortalecer, relaxar, alongar e melhorar o funcionamento dos músculos, evitando, assim, a flacidez ou aparecimento de rugas e marcas de expressão por tensão”, destaca a fonoaudióloga Paula Brito 

A técnica surgiu através dos estudos e tratamentos na área da motricidade orofacial, que promove o equilíbrio de força e movimentação dos músculos faciais e orais para que possam realizar funções de mastigação, deglutição, sucção, fala e articulação das palavras de forma adequada. Por meio deste trabalho se observou também ganhos estéticos para o rosto, onde era possível, após os tratamentos, ter a percepção da face mais rejuvenescida, com menos linhas de expressão, diminuição de flacidez e melhor simetria. Assim, surgiu o interesse cada vez maior da fonoaudiologia em estudar e desenvolver técnicas de exercícios musculares e funcionais para prevenir e tratar o envelhecimento da facial. 

É um tratamento com duração media de dois meses e indicado para mulheres e homens acima dos 18 anos de idade, sem restrição. É natural e respeita as características físicas e funcionais de cada pessoa, deixando o rosto com aspecto jovem, bonito e natural. Além disso, o fonoaudiólogo faz o ajuste das expressões faciais, tornando-as mais suaves e com menos chances de provocar marcas de expressão. “Sabe-se que o envelhecimento é continuo e atinge não somente a pele, como principalmente músculos responsáveis pela sua sustentação. Na face, esse envelhecimento pode ocorrer precocemente pela exposição excessiva ao sol, fatores genéticos, alimentares e também funcionais, como uso inadequado dos músculos faciais na mastigação, deglutição e até mesmo nas expressões faciais”, esclarece Brito. 

O tratamento surgiu no Brasil na década de 90 e vem se consolidando a cada dia mais através de resultados obtidos de forma natural, não invasiva e duradoura,alem de contribuir com outros tratamentos estéticos tradicionais, oferecendo um cuidado especial aos músculos. Uma forma de prevenir o envelhecimento da face é cuidando da musculatura que faz a sustentação da pele. Para isso, é importante que os músculos faciais sejam avaliados quanto a sua força, posição, contraturas, flacidez e funcionamento. 

“Para que o tratamento tenha bons resultados é fundamental a participação ativa do paciente, pois é necessário a realização de exercícios simples, que podem ser feitos ao longo do dia. Além disso, o cuidado com a pele também pode contribuir com o ganho de resultado com o trabalho de equilíbrio muscular orofacial estético. Por isso e importante ter um acompanhamento dermatológico." destaca Brito. A fonoaudiologia estética da face apresenta excelentes resultados em mulheres que iniciam o tratamento antes da fase de menopausa, pois com a queda hormonal, pode ocorrer uma perda maior de tônus muscular no corpo todo, inclusive no rosto. Não há contraindicação, apenas algumas limitações de ganhos de resultados quando a paciente já apresenta alto grau de flacidez muscular na face decorrente do envelhecimento. 

Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa