Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

sexta-feira, 9 de junho de 2017

JUIZ NAPOLEÃO MAIA SE IRRITA AMALDIÇOA MAS NÃO APRESENTA CONTRAPOV

JUIZ NAPOLEÃO MAIA SE IRRITA AMALDIÇOA MAS NÃO APRESENTA CONTRAPOVA

Nos anais do lamaçal da Operação Lava Jato, não é a primeira vez que o juiz Napoleão Maia, nordestino, é citado por delator. Ontem e hoje o filho dele foi ao plenário, um absurdo, de roupas inapropriadas para mostrar fotos "domésticas" da vida cotidiana para o pai juiz, do netinho, será? Os jornalistas viram e disseram que o rapaz era suspeito.

Ora um juiz que vota contra cassar a chapa Dilma-Temer, com todos os vícios de caixa 2, caixa 1, com dinheiro vindo de partidos, mas de origem mais que comprovada, da Petrobrás e de empresas como OASA,. Odebrech e JBS que citou o juiz Napoleão Maia, cuja irritabilidade, xingamento e amaldiçoamento, ele não contestou com uma prova sequer que desminta Joesley Batista e irmão, mais o diretor que pagar a propina para Rodrigo Rocha Loures, até então deputado federal e amigo de confiança de Michel Temer.
Juiz Napoleão Maria preconiza cortar a garganta de pessoas

O Joesley cita um juiz que é contra a Operação Lava Jato. Ele ontem gritou, esbravejou que a Operação Lava Jato faz aparecer fatos e acusações que precisam parar e acusou alguém a Rede Globo, Veja, sabe-s lá quem e fez um gesto que para um juiz de direito brasileiro é deveras lamentável e punível. Pois, no Brasil, o Direito Constituído, a Justiça, não permite degola e tampouco, o Deus  das religiões Católica, Evangélica, Ubandista.

A justiça investiga, acusa, julga, sentencia e prende, ainda após os recursos interpostos pela Lei. Acredito que esse juiz deve alguma coisa e tenta esconder como o Michel Temer, que acusa Joesley de bandido que lhe emprestou um jatinho de mais R$ 59 milhões para ele a família passar um fim de semana agradável e com toda a mordomia que um chefe de estado "merece".

é vergonhoso ver homens em idade quase provecta pusilânimes em suas decisões e que ainda acusam pessoas ou entidades sem as identificar e maculam o direito nacional e internacional, exceto do Árabes ou islâmicos.

Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa