Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

domingo, 18 de junho de 2017

UNE discute cargos, presidência, mas acima de tudo as Diretas,já, no Brasil novamente, que urge

O 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) chega ao seu principal momento neste domingo (18). No último dia do encontro, os estudantes decidirão quem ocupará a presidência e os 81 cargos da diretoria da entidade pelos próximos dois anos. O Congresso começou na quarta-feira, com atividades no Cine Belas Artes e na UFMG, onde ocorreram quase 40 debates sobre as reformas da previdência e trabalhista e as Diretas Já, este último tema defendido pela maioria dos estudantes presentes.

Nesta etapa, os diferentes movimentos que participam do congresso inscrevem as chapas para concorrer ao pleito e defendem as suas propostas para os 10 mil universitários de todas as regiões do Brasil presentes no ginásio do Mineirinho. Após a defesa das teses, começa a votação. Os delegados (estudantes eleitos em suas universidades) depositam o voto na urna que será apurada e fiscalizada por membros de cada chapa.

Ao final da apuração, a nova diretoria da UNE é composta de forma proporcional por todas as chapas participantes, de acordo com o número de votos obtidos. Isto significa que a direção da UNE é formada por diferentes tendências de pensamento e opiniões.  

No sábado (17) os estudantes votaram os textos que balizarão os rumos da nova gestão da UNE pelos próximos dois anos e aprovaram resoluções que se dividem em três eixos, conjuntura nacional e internacional, movimento estudantil e educação.

Já na sexta-feira (16), um ato pelas Diretas Já foi realizado na Praça da Estação com 40 mil pessoas, entre artistas, parlamentares e movimentos sociais. Participaram do Congresso da UNE figuras como Ciro Gomes, Fernando Haddad, Celso Amorim, Guilherme Boulos, Jandira Feghali e Macaé Evaristo (Secretária de Educação do Estado de Minas Gerais).

"Este é um dos maiores Congresso da UNE que se destaca por acontecer em um momento que o país precisa retomar o processo democrático por meio das Diretas Já. Estudantes de todo Brasil sairão de BH preparados para levantar essa bandeira", destaca Carina Vitral, presidenta da UNE, que deixa o cargo neste domingo.
 Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa