Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Nutricionista orienta para tomar cuidado com calorias no inverno

A maioria das pessoas relatam que durante as estações mais frias do ano o apetite aumenta e a circunferência abdominal também. Estudos comprovam que em dias mais frios as pessoas costumam sim comer mais. Como consequência tem-se o ganho de peso (de 0,5 Kg a até 1 kg). Parece pouco? Mas, Dra. Paula Pires endocrinologista da Clinica Essenza explica que o fato é uma das hipóteses para ganho de peso progressivo e significativo (a cada inverno a pessoa ganha 1 kg, ou seja, 10 kg após 10 anos) a maioria das pessoas com 50 anos estão de 10 a 15 kg acima do peso comparado a quando eram mais jovens.

Cientistas descobriram que durante o inverno o consumo de caloria aumenta em média 200 Kcal, o que equivale a dois pãezinhos franceses a mais por dia. As teorias sobre o motivo desse aumento do apetite ainda são controversas. Controlar a fome muitas vezes não é tarefa simples, então Dra. Paula Pires elencou dicas eficientes que podem ajudar.

1-    Não precisa radicalizar e se privar totalmente das comidas que você ama, basta planejar. Entre as refeições tente comer algum petisco rico em fibra e em proteína (fatia de queijo branco com uma fatia de pão integral). Petiscos saudáveis entre as refeições ajudam o corpo a manter-se aquecido;
2-     Se a compulsão for por carboidratos, à dica é tentar colocar sempre uma proteína “junto”- vai melhorar a saciedade. Ao invés de comer grande quantidade de macarronada com queijo amarelo, coma metade com um pedaço de frango ou carne magra mais salada de abobrinha quente (acompanhamento).
3-    Não deixe de praticar atividade física no inverno! Dra. Paula explica que os exercícios são importantes não somente para queimar calorias, mas também para manter o nível de serotonina adequado nesta época do ano.
4-     Procure exposição solar sempre que possível, pois 15 minutos de sol na região do antebraço por dia já são suficientes para manter um nível adequado de vitamina D e serotonina.
5-    Não faça “estoque” de alimentos gordurosos em casa durante essa estação. “É muita tentação, então, tente não deixar muitos doces a vista.” Completa a endocrinologista.
Para finalizar redobre a atenção aos hábitos nessa época do ano.

Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Michelly\Desktop\Informações Clientes\SAUDE\Clinica Essenza\Dra.Paula\12190116_1500413313588175_5995599784140174203_n.jpg
Dra. Paula Pires:
ü  Especialista em Endocrinologia, Metabologia e Clínica Médica.
ü  Especialista em Endocrinologia Pediátrica.

Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa