Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Reforma trabalhista feita pelo protagonista da maior Ficção brasileira vai engordar o Ministério do Trabalho, com causas novas

ARTIGO

Reforma trabalhista feita pelo protagonista da maior Ficção brasileira vai engordar o Ministério do Trabalho, com causas novas

Resultado de imagem para foto das senadoras ontem no senado escuro com eunicio oliveira
As senadoras da República da Propina não podem atrapalhar a sessão do senado. Porém, as mulheres grávidas, atenção câmeras, close, podem trabalhar em lugares insalubres, não. Os âncoras da Globo como Willian Wack, ninguém sabe qual o motivo da emissora permitir profissionais sem a mínima sensibilidade se comunicar com a massa esculhambou as senadoras e como Vestal, que sempre é, disse que em 30 anos de jornalismo nunca tinha visto uma coisa dessas. Também, alguém deveria ter soprado no teleponto, nunca fizeram reforma trabalhista como esta para ferrar com as mulheres grávidas.


Não ninguém fez isso e ele não se corrigiu e passou a matéria de uma senador, um "moleque" não falou, sinal de desprestígio com a emissora, segundo o Heraldo Pereira, que sempre abre com esse bordão ordinário, "Boa noite, primeiramente, é sempre um sinal de prestígio a sua audiência", que chatice ouvir isso todas as noites, sei o jeito é mudar de canal.

Como pode presidente da República como Michel Temer encaminhar, capinear reformas trabalhistas que todos sabem e foi comentada de antemão que vai aumentar processos trabalhistas na tão conturbada e lotadas Varas Trabalhistas do país.

Primeiro é o gritante problema da mulher, qual mês ela não pode trabalhar em local insalubre, depois vem a descriminação, depois o tempo de exposição. Tudo vai ser arbitrado pelo Sindicato que perdeu sua contribuição, sagrada, pois ela permitia comprar o "pão de cada dia" e seguir nesse sindicalismo atrelado ao Estado e podre, mas era o que tinha o país.

Depois vem o sagrado horário do almoço que pode ser em 30 minutinhos, em 15 minutos a pessoa come, engole um prato de comida, se for atendida de bate pronto, o que é impossível, a menos que leve a famosa marmita, mas ainda precisa esquentar. Vamos supor que tenha alguém para fazer isso. Sobrou 15 m para descansar, é o suficiente?

O Brasil não é um país correto em nada os três poderes que deveriam dar o exemplo, são os que mais apresentam problemas atualmente: Judiciário, Legislativo e o Executivo, este nos bancos dos réus, com seu presidente com três acusações sucessivas que serão julgadas pela CCJ, como que o país vai andar até 2018, nas próximas eleições. Com aprovações de Leis como essas trabalhistas.

Então, o empregador esperto e sacana vai ludibriar, querer pagar essas horas em dinheiro e vai enganar, não vai deixar sair sempre em horários adiantados que precisa ser combinado com todos os empregados. Resultado para manter emprego e salário o empregado vai se submeter a humilhação e depois cairá nos braços do Ministério do Trabalho, mais ações e mais despesas para o Estado que usa dos impostos de todos para corrigir distorções de poucos espertos capitalistas que agora receberam a proteção de um governo suspeito de corrupção e de Congresso cúmplice, parece que até o final, pois os aliados afirmam que terão a maioria e derrotarão a Justiça e a Verdade, isso ocorre apenas no Brasil, no filme de ficção que Michel Temer, é protagonista principal e 14 milhões de desempregados são coadjuvantes.

A Lei não prioriza o pleno emprego, não faz acordo com o empregador de ao menos como há na Europa, seis meses de trabalho como garantia. Não prioriza o salário médio como piso para as Metrópoles brasileiras, onde se paga de tudo, até o ar para respirar se paga atualmente, se quiser ter ar melhor precisa comprar aparelhos para umidificar e promover ar mais puro. Nada, apenas retirou conquistas e colocou outras cláusulas que vão sustentar muitos fóruns, muitos advogados e juízes por anos até que a Justiça, a Verdade sejam premissas filosóficas que possam governar novamente o país.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb SP/SP 

Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa