Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

quarta-feira, 30 de março de 2016

Mulheres vítimas de violência doméstica recebem tratamento odontológico gratuito

Imagem

Projeto social recebe apoio de empresa fabricante de implantes odontológicos para resgatar a autoestima das atendidas.

Crédito:Turma do Bem

Há quatro anos, o projeto Apolônias do Bem oferece tratamento odontológico integral e gratuito a mulheres que vivenciaram situações de violência em casa e tiveram a dentição afetada como decorrência das agressões. O programa, criado pela ONG Turma do Bem, presta atendimento em todo o Brasil e os tratamentos são oferecidos por meio de uma rede de dentistas voluntários, que realizam todos os procedimentos, independentemente da complexidade apresentada. A S.I.N., empresa especializada no estudo, desenvolvimento e fabricação de implantes odontológicos, é uma das apoiadoras da iniciativa. Para a instituição, a parceria é de extrema importância por devolver a alegria a tantas "apolônias" - como são chamadas as beneficiárias do programa -, que sofreram hostilidades. "A S.I.N. se preocupa com a qualidade da saúde bucal dos brasileiros, portanto, é nosso desejo devolver o sorriso e a autoestima a essas mulheres", destacou o CEO da S.I.N., Fernando Mazzarolo.
O projeto já garantiu atendimento a 600 mulheres de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. As beneficiárias são selecionadas por meio de triagens realizadas em casas de apoio e organizações sociais, quando passam por um rápido exame oral, não invasivo, e respondem ao OHIP (Perfil de Impacto de Saúde Oral, na sigla em inglês, uma ferramenta científica que mede o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de uma pessoa). São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional.
De acordo com a Fundação Perseu Abramo, cinco mulheres sofrem violência a cada dois minutos no Brasil. É em casa que ocorrem 27,1% dos homicídios de mulheres. Entre as vítimas atendidas pelo SUS em 2014, 67,2% foram agredidas por um parente próximo, companheiro ou ex-companheiro, de acordo com o Mapa da Violência 2015 - Homicídio de Mulheres no Brasil.
Uma vez convocadas pelo programa, as apolônias recebem atendimento e são acompanhadas pelos funcionários da Turma do Bem até o término do tratamento.

Por que Apolônias do Bem?
O nome Apolônias do Bem é uma homenagem à personagem histórica Santa Apolônia, que viveu em Alexandria, no Egito, e morreu no ano 249, após ser presa, espancada e ter seus dentes quebrados e arrancados. Com o programa, a Turma do Bem leva assistência odontológica para as apolônias de hoje, que também estampam a marca da violência em seus rostos.

Sobre a S.I.N.:
A S.I.N. Sistema de Implante é especializada em estudo, desenvolvimento e fabricação de implantes odontológicos e seus respectivos componentes protéticos. Fundada em 2003, em apenas seis anos se tornou a segunda maior empresa de implantes no país. Em 2010, a empresa foi adquirida pela Southern Cross Group, um dos maiores fundos de private equity que operam na América Latina, com cerca de US$ 2,8 bilhões de ativos sob gestão. A empresa oferece o melhor custo-benefício ao Cirurgião Implantodontista que deseja utilizar um produto com padrão de qualidade elevado e por um preço acessível. Ratifica também o seu compromisso por meio da promoção de cursos para a formação de novos especialistas e atualização dos profissionais existentes, bem como congressos e eventos científicos que apresentam estudos para a evolução da implantodontia.
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa