Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Funaro, doleiro, liga Geddel Vieira, Eduardo Cunha e Michel Temer que continua no Poder


Lúcio Bologna Funaro, é doleiro. Foi um dos braços direito de Eduardo Cunha, que na Caixa Econômica Federal tinha Fábio Cleto, que pilhava o FGTS-FI, eram chefiados por Moreira Franco, hoje ministro, pasta: Para não ser Preso. Por sua vez, Lúcio falou em depoimento de quatro horas à Polícia Federal que Geddel Vieira, apeado do Ministério recente de Michel Temer era o seu "superior" direto. Aquele que fornecia o material a ser lavado, ou seja, dinheiro. Hoje, o Brasil sabe de onde: JBS, devido a gravação ou ex-mecenas Joesley Batista, hoje chamado de bandido.


O presidente Michel Temer, possui tantos homens e alguns já presos e outros aguardam em cargos e até mesmo decisões do congresso e do senado, que é pró governo e dificilmente cortam a própria carne, cortam da mesa do trabalhador. São tantos homens, que um dos crimes que a PGR-Procuradoria Geral da República poderia pedir além de Corrupção passiva e Obstrução de Justiça, caberia, folgadamente, a Formação de quadrilha, pode se dizer um pelotão entre ministros e deputados, os eleitores podem começar a anotar, que com o dinheiro que pilharam durante a República da Propina, vão se candidatar e candidatar outros nas próximas eleições, precisam de proteção e de se proteger. A Lei da Ficha Limpa funciona, mas não impede esses facínoras da corrupção.
O ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ex-deputado Eduardo Cunha (Foto: José Cruz/Agência Brasil; Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Sim, não é a maioria, mas grande parte dos indústrias brasileiros que deveriam começar a se manifestar publicamente seu apoio ou não. Como também das multinacionais já no Brasil muitos anos. Apoiam Michel Temer, sendo que alguns como o presidente da Fiesp Scaff, candidato a governador de São Paulo, está em várias denúncias sobre esse dinheiro da JBS. 

De volta a Lucio Funaro, o doleiro, ele ligou Geddel Vieira a Eduardo Cunha, e disse claramente que Michel Temer sabia de tudo, ou seja, nas palavras do doleiro ele era, ou é, o chefe, pois a República da Propina não pára, é como o tempo, segue, mesmo caindo presidente, ministros, senadores.

Nessa terça-feira, julga-se no Senado e na turma do Supremo Tribunal Federal, se prendem o senador da PSDB, o senador afastado agora sim, sem regalias, do senado Aécio Neves. Esse será como Eduardo Cunha, mesmo preso, mesmo afastado do cargo, não vai falar, não vai piar. É fiel ao esquema que nacional e internacional.

A pergunta que não se faz ainda é como a sociedade brasileira vai sair dessa jogada do Xadrez política-policial e carcerário. Se não prender o senador ele fica livre para compor sua defesa e fazer conchavos. Ao prender o senador tira do foco o presidente e o Congresso faz uma negociata com a nação, tipo damos um senador para ficar o nosso presidente. É o jogador deve ficar atento para não levar o mate. Pois, o congresso e o senado e a CCJ, eles não vão votar para que a PGR consiga enviar para o Supremo Tribunal Federal, o pedido de processo contra Michel Temer, por corrupção passiva e obstrução de justiça.

Qual seria a Terceira via política-policial-carcerária para o Brasil. A certeza de recusa do congressinho brasileiro é notória e até pública. Então, os indústrias vão levar o governo Michel Temer até o final e conseguir as reformas que achatam mais ainda os salários, os vencimentos da previdência social, aumentar horas de trabalho sem pagamento de horas extras, hoje com 20% à noite, com adicional de outros estados, algumas proteções ao trabalhador de trabalho forçado para manter o emprego.

Agora, desculpem a comparação, são culturas, muito diferentes, mas moral, ética, responsabilidade, verdade e justiça. Existem coisas que são iguais no mundo todo. A Coreia do Sul, sua presidente está presa, em casa, até o processo de influência no governo para auferir ganhos financeiros de sua amiga íntima. Quando saiu, somente esse alarde, meses depois, ela foi afastada e, ambas, amiga e presidente, não estamos falando de qualquer um, a presidente foi presa. Mas, aqui é Brasil, onde os corruptos nascem e permanecem em berço esplêndido.

Marcelo dos Santos - Mtb 16,539 SP/SP


Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa