Quem sou eu

Minha foto
Jornal de Saude jornal informativo a servico da sociedade em geral

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Claro-Net faz o que na telefonia e internet no Brasil e terroriza na cobrança e Juizado e Anatel são coniventes

Net, vendida para Claro, parece que tem a proteção de juízes, e também da Anatel - Agencia de Telecomunicações que a priori defende os interesses dos usuários e dos brasileiros.
Não pode registrar mais de uma ocorrência, hoje 21 de junho o telefone da ligação 1313 foi desligado e o problema conversado com a Claro-Net pelo 080020000200 também não foi resolvido e sempre pedem mais prazo. Tanto conseguem nos processos, com juízes que controlam os processos quanto com a Anatel.

Também não obedecem liminar de juízes e não pagam causas onde são multados por não cumprirem a decisão judicial e a liminar, por exemplo, no processo 9048075.46.2016.813.0024 do Juizado Especial de Relações de Consumo de Belo Horizonte em Minas Gerais, apensado.

É muito estranho o técnicos da NET entram em sua casa e desconfiguram os seus programas e deixam você sem internet e sem navegabilidade, antes, mesmo sem internet, pelo menos o programa funcionava e dava para redigir alguma coisa, ouvir CD, ver filmes e outras coisas. Depois que eles desconfiguram somente chamando o técnico e pagando para voltar novamente, ou seja, em casos de trabalho fica mais caro precisa de técnico e programador, muitas das vezes.

O consumidor nas mãos da Claro fica a mercê de cobranças a mais de ligações celulares. Somente quando são descobertos e se faz a reclamação morosa na Anatel, pois desligam seu serviço, é que não cobram o valor, insistem que a cobrança é devida e você é que tem que provar que não é.

TERRORISMO

São os maiores terrorista de cobrança que se tem notícia no país. Eles ligam para as pessoas para todos os números de telefone além de emails que possuem e levantam na internet. São terríveis e chegam a programar a URA - Aparelho que faz ligações robóticas e automáticas durante mais de 10 vezes por dia em várias linhas e pode ser a qualquer hora da noite.

A Anatel não faz absolutamente nada pois tudo isso se repete e o Juizado demora para sentenciar, demora para cobrar e demorar para pagar o que ocasiona mais prejuízos para o Estado e para o consumidor final.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP


Leia e sempre que possível deixe seu comentário. Obrigado Marcelo Editor e jornalista - MTb 16.539 SP/SP
Postar um comentário

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página

Jornal de Saúde informa